sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Por dentro da mente

O Consciente e o Inconsciente

Se fossemos utilizar a imagem de um iceberg para representar a mente, o consciente seria apenas a ponta deste iceberg, a parte consciente é muito menor do que a inconsciente.
No que diz respeito à capacidade de guardar informações o inconsciente consegue captar e armazenar muito mais do que o consciente. O consciente possui acesso a poucas memórias. A maioria das pessoas não tem lembranças conscientes de muitos anos atrás.
A mente consciente é responsável pelo foco, capta apenas as informações que são alvo da sua atenção.

O inconsciente guarda tudo o que vivemos, aceita as informações que passam ou não pela mente consciente, fica “gravado” tudo o que acontece e aconteceu em nossa vida e são acessadas, de forma inconsciente, sempre que necessário.
Todos os registos do passado, do presente e do futuro ficam arquivados nesta parte da mente, pois não há cronologia. Não existe o tempo. Tudo no inconsciente é no AGORA.

E o que há de mais importante em tudo isso é que a parte da mente que “comanda” e “cria” a realidade é a mente INCONSCIENTE. São seus pensamentos ocultos e programações internas, escondidos nesta parte mais profunda, que originam a sua visão do mundo à sua volta e os seus comportamentos.

Faremos dois vídeos sobre este tema que me fascina completamente!

O primeiro já está disponível:



video

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Os mistérios da sua mente inconsciente (1ª Parte)

Como o inconsciente pode atrapalhar ou facilitar a sua vida


Este é um assunto muito importante para ajudá-la(o) a compreender de uma vez por todas porque a sua vida pode estar fora de controle. Saiba que grande parte das suas experiências está sob a responsabilidade da parte inconsciente da sua mente.
Você reage às situações que acontecem no seu dia-a-dia por uma programação inconsciente que está instalada no seu cérebro. Isso faz com que o seu cérebro automaticamente escolha por você as suas respostas e os seus comportamentos, e talves você acabe por decidir algo ou agir de certa maneira sem que realmente queira. Ou seja, algumas vezes você é quem decide o que fazer e que comportamento prefere ter, mas na maioria das vezes é a sua mente inconsciente que decide. É no inconsciente que estão gravadas todas as nossas memórias; os nossos hábitos e padrões de comportamento permanecem armazenados ali. Nem sempre estamos cientes da razão pela qual reagimos da forma que o fazemos a determinados acontecimentos, apenas sabemos que reagimos de forma automática, a qual podemos chamar de programas internos.
Resta saber se os seus programas internos estão a seu favor ou estão contra você, se levam ao sucesso ou arrastam ao fracasso. Se está a obter resultados e respostas diferentes daquelas que gostaria de ter, provavelmente está na hora de mudar os programas guardados no seu inconsciente!


Junte-se a nós para uma conversa sobre este tema tão interessante e determinante.Próxima segunda-feira, na SIC Mulher no programa Mais Mulher.
Fique atenta(o) ao próximo post com mais detalhes e dicas sobre este tema.
Muito sucesso,
Cris